quarta-feira, 1 de abril de 2009

Rescaldo – Passeio BTT de 29/03/2009 - A entrada oficial do Luís no grupo dos "Reumáticos"!


Mais um passeio pela Arrábida e voltamos a contar com a presença do Luís que participou pela terceira vez nos nossos passeios e conquistou um lugar no nosso pequeno grupo. Agora só falta ele aceitar o desafio de entrar numa das nossas maratonas (e a "Bifatona" que é já para semana é uma boa oportunidade) para passar a ser mais um "Rijo" no pelotão. Ele está um pouco reticente em participar porque teme não ter pernas para aguentar os 100 km, mas pelo que tem mostrado, eu sinceramente acho que ele consegue-nos acompanhar (eu até acho que os 50 km deste domingo são mais duros que os 100 km da próxima semana).

Quem também está no auge da sua forma é o Artur! Apesar dos problemas na transmissão da bike (aquilo estalava por todo o lado! os nossos "mecanicos" especializados ainda tentaram minimizar a coisa mas parece que o Artur vai mesmo ter de largar umas coroas num pedaleiro, num carreto e numa corrente nova) pedalou sempre a num ritmo elevado e mesmo no fim do percurso ele conseguiu sempre acompanhar-me apesar de eu ir sempre a uma velocidade acima dos 30 km/h

O percurso:

Como habitualmente seguimos pela Serra do Louro, passamos os Moinhos da Quinta da Sapec e seguimos em direcção ao "Cai-de-Costas".

Na nossa subida predilecta, o Jorge, o Artur, o Fernando e o António não tiveram muitas dificuldades e concluíram com êxito esta etapa. O Licínio e o Luís estiveram muito muito perto de o conseguirem mas falharam por uma uma unha negra! (Estou convencido que não falta muito tempo para eles conseguirem subir). Eu tive muitas dificuldades e só à quarta tentativa é que consegui subir sem por o pé no chão! A explicação é muito fácil: No dia anterior fiz cerca de 77 km (Penteado, Lagoa de Albufeira, Apostiça, Penteado) e quando comecei a subir a minha rockrider de 15 kg parecia que pesava uns 30 kg!! Na 1ª tentativa depois de já ter passado os pontos mais críticos saltou-me o pé do pedal, na 2ª apareceram uns rapazes a descer e optei por parar, na 3ª voltei a passar por todas as maiores "ratoeiras" mas depois desconcentrei-me com qualquer coisa e voltei a desequilibrar-me. Mas a minha percistencia levou-me até a uma quarta tentativa e apesar da bicicleta já pesar uns 50 kg (ehehhehe) lá consegui fazer a subida para a Serra de S.Francisco em condições.

A seguir descemos velozmente a rua do Alto das Necessidades (atingi os 67 km/h), atravessámos a N10, entrámos na Quinta do Camalhão e seguimos sempre pela várzea da comenda até ao parque de merendas.

A seguir ao lanche subimos o difícil estradão da Capela de São Luís, depois continuámos a subir até ao tanque (que este ano tem muita agua!), e para não variar a seguir voltámos a subir mais uma vez! Mas depois de tantas subidas, lá descemos pelo corta-fogo (antigo trilho das raizes) e chegámos ao Vale de Alcube onde nos esperava mais uma subida, desta vez até ao Vale dos Barris.

Por falar em subidas, voltámos a subir pelo estradão até à Serra do Louro (aposto que há pessoal que até já está cansado só por ler a palavra "subidas" tantas vezes, lolol) e depois seguimos até ao trilho do canavial e seguimos até à Quinta do Anjo (NOTA: Está em estudo um outro caminho nesta zona que aparenta ser muito porreiro).

Chegámos à Quinta do Anjo e foi a altura do Jorge brilhar, ele deu uma arrancada brutal e deixou-nos todos para trás. O Vaquinhas, o Artur e eu reagimos e fomos atrás dele mas eu depressa vi que não tinha força suficiente para o apanhar (os 77 km da vespera já pesavam) e deixei a perseguição ao lider entregue ao Artur e ao Vaquinhas. Demorou um pouco mas o Fernando acabou por apanhar o Jorge. Eu apesar do cansaço natural mantive sempre uma cadencia e após me juntar ao Artur seguimos sempre no encalço da dupla da frente e como o nosso ritmo era superior ao deles não os apanhámos por muito pouco.

Resumindo:

Bom passeio, com muitas subidas de dificuldade alta e que correu muito bem apesar do Luís ter dado dois tombos por culpa dos novos pedais de encaixe e do Vaquinhas ter partido novamente um raio.

Bttistas de Serviço: António, Artur, Carlos, Fernando, Jorge, Licinio e Luís

Dados de grupo:

Distancia percorrida: 51,88 km em 3:13:19

Temperatura Mínima: 8 ºC
Temperatura Máxima: 18 ºC

Dados individuais:

Media de Pulsações: 136 p/min.
Pulsação Máxima: 209 p/min.

Velocidade Média: 16,1 km/hora
Velocidade Máxima: 67,00 km/hora




E para a semana vamos ter a nossa "Bifatona"!!

Sem comentários:

Publicar um comentário