terça-feira, 9 de outubro de 2012

Rescaldo - Passeio de BTT de 07/10/2012 - O regresso ao "Carrossel" do Alambre



Esta semana pela primeira vez deste 22 de Julho conseguimos juntar quatro "Rijos" para mais um dos nossos passeios pela Arrábida!! Apesar de andarmos sempre a fazer percursos fáceis estava difícil juntar mais de três pessoas, dizem as más línguas que só voltamos a juntar mais malta quando eu voltar a organizar um percurso que passe pela Pastelaria Moderna do Barreiro, para podermos manjar uma (ou duas no caso do Lino) gigantesca(s) e deliciosa(s) bola(s) de manteiga:

Não imaginam a quantidade de vezes que esta foto já me foi roubada e publicada por essa net fora! Até a própria Pastelaria a usa no Facebook!! Tenho de registar a foto para ver se recebo direitos de autor ;-)
O percurso voltou a ser muito simples, creio até ter sido um dos mais simples deste ano. A distancia foi a habitual (55,50 km) mas como as subidas não foram muitas (altimetria no GPSies de 544 m) e como rolámos mais em asfalto do que é normal conseguimos uma média jeitosa (20,1 km/h).

Desta vez o foco do passeio foi o Vale do Alambre, com o objectivo de dar umas voltas no seu "Carrossel", trilho onde já não íamos desde 30/05/2010!!! Pelo tempo que demorou a regressarmos a este caminho pode parecer que não gostamos de lá ir, mas não, não é nada disso! A única razão que eu encontro é o vasto leque de escolhas que o PNA nos "oferece" e facto do marreta que normalmente organiza as voltas não se ter lembrado mais cedo deste percurso, lolol

O inicio do passeio foi feito sempre por alcatrão até à Capela das Necessidades, daí seguimos pelas traseiras da garagem dos autocarros até à Quinta da Califórnia. Seguimos depois até à Quinta do Alto da Madalena onde aproveitámos para tirar a foto de grupo:


Seguimos depois até ao rochoso trilho do Casal de São Rafael:


Para apimentar um pouco a volta a seguir subimos até à Quinta do Moinho da Torre, só para fazer o single-track a descer ;-)

Era agora a altura de subir um pouco até à zona da Falésia para depois descermos até ao Vale do Alambre:



Já lá em baixo, em vez de seguirmos directamente até ao parque de merendas, seguimos pelo caminho da esquerda (que o Lino e o Fernando ainda não conheciam) até ao "Carrossel"



Depois de gastarmos quase todas as fichas (se nos aproximássemos do CEADA ainda podíamos ter dado mais umas voltas), seguimos até ao Parque de Merendas para a tradicional pausa para lanche.

Após o intervalo tínhamos muitas hipóteses para concluir o passeio, mas como 50% da malta não queria esforços suplementares optámos pelo "easy way home" e lá voltámos ao asfalto. Para "castigo" o ritmo foi sempre alto e apesar de não estarmos em grande forma fomos ultrapassando todas as "lebres" que nos iam aparecendo à frente (só houve um tipo de bike de estrada que não nos deu hipótese, mas nestes casos o contrário é que estranho, valeu pelo esforço!)

O vídeo desta vez até nem ficou mau de todo (nem me importei com a exposição solar) e dá para ver sem muitas cabeças cortadas o que a malta andou a fazer ;-)

Até à próxima!


Rijos de serviço: Carlos, Fernando, Lino e Rodrigo

Distância percorrida: 55,50 km em 02:49:48
Altura máxima: 197 m
Altura mínima: 25 m
Acumulado de subidas: 544 m (GPSies)
Media de Pulsações: 152 p/min.
Pulsação Máxima: 198 p/min.
Velocidade Média: 20,10 km/h 
Velocidade Máxima: 44,00 km/h



1 comentário:

  1. una buena salida sin duda...carlos,felicidades por el video..un abrazo..!!!

    ResponderEliminar