quarta-feira, 2 de julho de 2014

Rescaldo - Passeio de BTT de 29/06/2014 - Ás voltas pela Quinta do Anjo e arredores!


Esta a semana pensei que seria boa ideia não nos afastarmos muito, e como há tantos trilhos bons aqui na zona não foi difícil fazer um percurso engraçado e que não fosse demasiado exigente fisicamente. Pelo menos essa era a intenção... Mas já lá vamos ;-)

Começámos pelos Moinhos, e antes de chegarmos ao Pomar, subimos à direita para a primeira filmagem do dia:


Subimos um pouco em direcção ao estradão paralelo ao pomar e já lá em cima cortámos à direita para mais um belo single:


Descemos agora até ao charco (que agora está seco):


E seguimos até a um trilho que eu ainda só lá tinha ido uma vez e que quis mostrar ao Zé para ver se ele era ou não capaz de o descer à vontade (coisa que eu ainda não faço). Missão cumprida, ele fez tudo montado e até achou que foi fácil de fazer as curvas mais apertadas! (resumindo, eu é que sou a nabiça, lol).

Este trilho foi recentemente reaberto e foi-nos solicitado que o divulgássemos para ver se não voltava a fechar novamente! E como o prometido é devido cá vai a nossa ajuda para a sua divulgação!


Como também lá vai haver uma geocache (letterbox) acredito que o single se mantenha aberto por muito tempo. A ver vamos!!

Novamente no charco, voltamos a subir desta vez com destino ao trilho que passa junto à Fonte dos Amores e dos Sofrimentos!

Imagem retirada da net porque voltei a esquecer-me da maquina!


Depois de mais este divertido trilho, subimos até aos "Moinhos de Baixo" em direcção a Palmela.

Descemos até à Lagartixa e seguimos até à Toca, que nesta altura está como habitualmente repleta de silvas , o que é sempre muito agradável... 

Nos Barris, optámos por não ir até ao Trilho dos Sobreiros e seguimos directamente para a Escudeira.

Já lá em cima quis ir investigar mais um daqueles caminhos da minha lista e ficou provado que por vezes há belos trilhos mesmo em cima do nosso nariz e que vão passando despercebidos...


Subimos depois pelas pedreiras de São Luís e descemos pela Trilho da Quinta da Pena até à cancela:


A seguir à cancela seguimos em frente e seguimos pelo "Trilho dos Regos", chamo-lhe isto porque a parte intermedia do caminho está cheia de regos, raizes, e até escadas naturais feitas de rocha e que se torna praticamente impossivel de descer montado. Apesar disso tudo, é um trilho muito giro, e ainda mais giro era se desse para fazer tudo, mas é o que temos!


Dali seguimos para a estrada da Cobra, que já não faziamos há muito tempo e que por incrivel que pareça já tinha saudades de fazer!! Correu-me bem, e só não a subi mais depressa porque me faltou uma "lebre" para ir atrás!! O resto da malta é que já estava nas lonas e tiveram de ir gerindo o esforço para chegarem vivos a Palmela.

Como o Zé tinha o carro na Quinta do Anjo, resolvemos ir com ele, e já que o iamos fazer resolvi ensinar-lhe mais um caminho alternativo até lá (nunca são demais). 

E assim fizemos cerca de 54 km, que seriam supostamente relativamente acessiveis mas que se tornaram algo desgastantes! (Até o Zé estava cansado!! - É o que dá uma semana sem vir à serra)

Para eu não me ficar a rir por muito tempo, para a semana sou eu que faço gazeta e por isso daqui a 15 dias cá estaremos para mais um passeio pela serra.

Até breve!





Sem comentários:

Enviar um comentário