quinta-feira, 9 de maio de 2013

Rescaldo - Passeio de BTT de 05/05/2013 - O regresso... do Homem da Marreta!!!


Para justificar o titulo deste rescaldo vou ter de começar pelo fim do passeio e pela visita que o "Homem da Marreta" me fez a poucos quilómetros de casa! Foi a primeira vez que isto me aconteceu numa volta tão curta (+/- 52 km), mas é o que dá estar 15 dias sem tocar na bike! Um gajo tira férias do escritório para se dedicar aos ladrilhos e é esta a recompensa! O que vale é que o ataque foi suave e bastou um descanso de cerca de 3/4 minutos para as câimbras acalmarem e me deixarem regressar a casa.

A volta em si até nem foi difícil, começámos a subir até ao miradouro do Castelo de Palmela, depois descemos pelo "Pombal" até Aires e de seguida pelo Trilho da Quinta da Glória até à Calçada Romana do castelo.

Aqui o nosso "Rei Artur" deu conta que tinha perdido o medidor de glicose e como é óbvio, voltámos para trás para ver se o encontrávamos. Curiosamente o aparelho estava mesmo no meio do trilho e por sorte encontrámos-o segundos antes de um grupo de 5 ou 6 ciclistas lhe passarem por cima!

Já com o medidor bem preso ao quadro da bike, lá regressámos aos trilhos e seguimos até São Paulo e às Oliveiras para ver ao vivo o estrago que as maquinas tinham andado a fazer por ali:

Vamos agora aguardar se vamos poder continuar a passar por ali ou se teremos de arranjar alternativas...

Dali seguimos até à Comenda, por um trilho que raramente utilizamos e que ainda pertence à Quinta do Esteval:







Quando estávamos a terminar o trilho e prestes a entrar noutra propriedade, fomos abordados por um senhor que gentilmente nos pediu para não voltarmos a passar por ali porque não é do agrado do dono do terreno, que pelos vistos ainda tem "sangue real" e que tenciona tapar todos os acessos à quinta. Tivemos ainda uma boa meia hora à conversa e ficámos a conhecer uma serie de episódios que justificam as intenções do monarca (motociclistas a passarem por entre a vinha, caçadas ao Javali, fitas de passeios organizados, etc.). O senhor com quem falámos concorda que não são as bicicletas o principal motivo da ira do proprietário mas por causa de uns pagam os outros e da nossa parte, se já raramente lá passámos, agora deixaremos mesmo de lá passar.

Seguimos então até à Comenda onde fizemos a nossa habitual pausa:



Após a pausa, seguimos pelo estradão da capela de São Luís, até ao trilho e depois continuámos a subir pelo Rego de Agua até à estrada municipal. Descemos depois até ao Vale dos Barris e como alguns de nós estávamos com vontade de fazer o trilho dos moinhos em sentido inverso ao que habitualmente fazemos, decidimos atalhar subindo até ao Cabeço das Vacas... Não foi nada fácil, o calor já se fazia sentir e foi aqui que o "Homem da Marreta" me assobiou e me disse para que se continuasse a abusar ele iria dar-me uma valente marretada, o que viria só a acontecer na Lagoinha.

Mas valeu a pena o sacrifício porque fazer o trilho dos moinhos em sentido inverso, para mim é sempre um prazer, porque estou tão habituado a fazê-lo no sentido oposto que assim até parece um trilho novo! Mas se calhar sou só eu que não regulo muito bem, lolol


Como continuo ainda com alguma bricolage em atraso, foi novamente o nosso Afonso "Spilberg" Sousa que realizou o vídeo desta semana e uma vez mais fez um óptimo trabalho:



Até para a semana!!

Sem comentários:

Publicar um comentário