terça-feira, 26 de junho de 2012

Rescaldo - Passeio de BTT de 24/06/2012 - "Em busca do conta-quilómetros perdido"


Esta semana tínhamos como objectivo principal tentar achar o conta-quilómetros que o Lino tinha perdido na serra à cerca de 2 semanas. E não é que o achámos mesmo? Felizmente estava no sitio onde o Lino calculou que estaria e facilmente reencontrámos o aparelho!

Este passeio serviu também para testar como é que a minha coluna, que não tem estado famosa (e que assim vai continuar), reagiria a uma das nossas voltas de btt. Durante o passeio não notei nada de diferente nem na Cervical nem na Lombar, resta-me agora esperar pela reacção pós esforço para ver se posso continuar a participar activamente nas nossas voltas ou se terei de voltar a encostar à box.

De forma a atingirmos o objectivo primordial do dia o mais depressa possível, optei por não dificultar nada a primeira fase do percurso e seguimos pela Serra do Louro e pela Rota dos Moinhos até ao "Fio-Dental":



Atravessámos a N10 e quando nos preparávamos para entrar na Quinta dos Cambalhões reparamos que os azulejos da entrada tinham sido vandalizados e que tinham sido pintados uns "dizeres" no muro... Mal sabíamos nós que quando chegássemos lá acima teríamos de voltar para trás porque um dos donos de uma das propriedades resolveu lavrar o terreno e impedir a passagem. Já lá em cima, soubemos por um dos vizinhos que este caso está (ou estava) em tribunal à cerca de 12 anos para se decidir qual dos proprietários tem de dar a serventia e pelo que ele contou, parece que o tribunal desta vez deu razão ao "lavrador". Agora provavelmente quem tem de "abrir os portões" vai recorrer da decisão e daqui a mais 12 anos pode ser que haja nova decisão.



 Este caso não nos prejudica muito, porque basta rolar uns metros mais para o lado e seguir pela Aldeia Grande, mas pelos vistos aborreceu bastante quem que se deu ao trabalho de vandalizar o muro das pessoas. Como é óbvio, sendo nós pessoas civilizadas, repudiamos este tipo de comportamentos que para além de não resolverem nada apenas prejudicam.

Seguimos então até à Aldeia Grande em direcção à Ribeira da Ajuda:


Depois de atravessarmos a ribeira, rolámos até à primeira grande subida do dia (estradão paralelo ao "Trilho Maravilha") onde lá em cima tivemos a sorte (e algum engenho) de cumprir o objectivo do dia e encontrar intacto o conta-quilómetros do Lino:


Seguimos depois até à subida das cruzes e já lá em cima optámos por fazer a pausa estratégica à sombra para recuperar algumas energias. Enquanto lá estivemos encontrámos muita malta que tal como nós, pouca vontade tinha de se separar daquela bela sombra.

Mas como não podíamos ficar ali eternamente, seguimos pelo Alto da Comenda até ao "Trilho do Depósito" e dali até ao parque de merendas.

Infelizmente esta foto ficou tremida! Mas para compensar teve direito a efeitos extra, lolol


Era a altura de subir até à Serra de São Luís pelo estradão da capela e depois seguir até ao Rego d´Agua pelo trilho.

Já no Rego d´Agua, o Fernando voltou uma vez mais a furar e lá tivemos de fazer mais uma pausa extra que não estava no "guião". Já falámos muitas vezes sobre isto, e havendo no mercado câmara-de-ar com liquido anti-furo a 5€ não se justifica arriscar sair de casa sem essa segurança. Só para recordar, há uns tempos atrás espetei um prego num dos pneus, e a câmara-de-ar para além de continuar a mesma nunca mais vazou...

O calor apertava cada vez mais, o termómetro marcava 34º, e por era a altura ideal para descer até à Ribeira de Alcube para animar a malta.

 Como devem calcular, depois de uma grande descida há sempre uma subida, e por isso lá tivemos de subir até à zona do Paint-Ball, onde aproveitámos para tirar a foto de grupo:



Era a altura das últimas decisões do dia, e apesar de naquela zona ainda se poderem fazer alguns trilhos engraçados, a opção foi a de seguir directamente para casa porque já se estava a fazer tarde e ainda faltavam alguns quilómetros por fazer. 

Para a próxima semana, apesar de os meteorologistas darem baixa de temperatura, sugiro que às 08h00 já estejamos todos juntos e prontos a rolar, assim evitamos o calor que possa haver mais tarde e chegamos mais cedo a casa (tirando 1/2 hora de sono, não há nada a perder e muito a ganhar).

Deixo-vos com o vídeo desta semana:



Até à próxima!



Rijos de serviço: André, Afonso, Carlos, Fernando, Lino, Rodrigo e Zé

Distância percorrida: 54,10 km em 03:21:36
Altura máxima: 213 m
Altura mínima: 9 m
Acumulado de subidas: 731 m (GPSies)
Media de Pulsações: 155 p/min
Pulsação Máxima: 194 p/min (0:04:33 acima do limite)
Velocidade Média: 16,70 km/h
Velocidade Máxima: 53,30 km/h

Sem comentários:

Publicar um comentário