terça-feira, 1 de junho de 2010

Rescaldo – Passeio BTT de 30/05/2010 - O Carrossel do Alambre

Esta semana voltámos às explorações de caminhos novos e como é habitual nestas circunstancias tivemos o auxilio do precioso "Print Screen" do Google Earth. Apesar disso houve um pequeno engano, mas já lá vamos!

O inicio da volta foi muito simples: Serra do Louro (por baixo), depois subimos o "Cai-de-Costas", continuámos pelo "Sobe-e-desce" até à Capela das Necessidades e seguimos até ao Moinho do Cuco.


Após o trilho do moinho, seguimos em frente em direcção ao Pinhal e subimos pelas raízes.
Depois de passarmos por uma Quinta que tem uma vista privilegiada para a Serra, subimos mais um pouco para irmos de encontro a um trilho que já não fazíamos à imenso tempo e que desce quase até à Quinta da Califórnia.


Seguimos pelo caminho que dá acesso à Falésia, mas como havia "explorações" a fazer não fizemos o trilho e descemos até ao Vale do Alambre


Depois da descida cortámos à esquerda... quer dizer... o André, o Rodrigo e eu cortámos à esquerda, o Artur e o Jorge distraídos como sempre viraram à direita como se fossem para o parque de merendas. Como já começa a ser habitual o André foi à procura deles e o Rodrigo e eu ficámos à apreciar a paisagem.


Continuámos pelo Vale, e após um pequeno engano (rapidamente corrigido) chegámos até à exploração do dia: O "Carrossel" do Alambre!


No inicio do trilho há umas valas que nos obrigaram a desmontar, mas tirando isso e algumas silvas que queriam atrapalhar a nossa passagem o trilho é muito divertido com um sobe e desce constante e com paisagens sempre muito bonitas (não estivéssemos nós no PNA).
Como referi no inicio desta mensagem, apesar do mapa, cometemos um erro e tivemos de entrar nas instalações do CEADA. Mas já vi que é perfeitamente evitável passar por ali e para a próxima vamos tentar acertar no caminho.


Como queríamos ir até ao trilho do "Chico-das-Saias", a seguir ao "Carrossel" tivemos de subir mais um pouco.
Chegámos ao trilho do "Velho Chico" e rolámos pela primeira vez por lá após às maquinas terem tornado este trilho numa verdadeira auto-estrada.


Seguimos até à estrada dos Picheleiros e depois até à N10. Como a Saracen do André voltou a dar problemas (saltou uma esfera) optámos por seguir pela N10 até à Capela das Necessidades que era o caminho rápido até casa (já vi no google e em termos de km seguir por ali ou pelo Vale de Alcube é +/- a mesma coisa)

A seguir descemos até Vendas de Azeitão e seguimos sempre em alta rotação pela estrada nacional até casa!

Até para a semana!


Rijos de Serviço: André, Artur, Carlos, Jorge e Rodrigo

Distancia percorrida: 61,20 km em 03:49:23

Altura máxima: 238 m
Altura mínima: 18 m
Acumulado de subidas: 1328 m (TrackMaster)
Índice de dificuldade: 887 m (TrackMaster)

Dados individuais:

Media de Pulsações: 142 p/min.
Pulsação Máxima: 188 p/min. (00:06:34 acima do valor máximo)

Velocidade Média: 16,70 km/hora


Sem comentários:

Publicar um comentário