terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Rescaldo - Passeio de BTT de 03/02/2013 - O Forte de S.Filipe e o "Primo" do Audi ;-)


Esta semana aproveitámos o clima mais seco para regressar à Serra, no entanto como sabíamos que algumas zonas ainda estavam muito enlameadas, delineei um trajecto que nos permitisse desfrutar de alguns trilhos na Serra sem estragar material (sim porque o nosso "amigo" Gaspar não nos dá grande margem para tais desvarios).

Neste passeio contámos pela primeira vez com a presença do João, que apesar de não conhecer a maioria dos trilhos que fizemos, superou com valentia todos os desafios que lhe foram aparecendo pela frente e mostrou que se continuar a treinar bem (tentar apanhar o Zé é treino mais do que suficiente, lolol) brevemente vai atingir níveis físicos ainda melhores.

A primeira dificuldade do dia surgiu logo nos primeiros metros, porque após descermos pela Estrada dos Barris iniciámos a subida da Quinta da Escudeira até ao Moinho da Páscoa:





 Seguimos depois até ao sopé da Serra de São Luís, para depois subirmos até à zona das pedreiras. Já lá em cima, descemos pelo trilho da Quinta da Pena, onde encontrámos o grupo que homenageava o recém falecido Mamede Nazaré e que tinha como destino a subida à Torre de Vigia. Muita gente aderiu a esta homenagem e sem estar a exagerar posso dizer que seriam certamente mais de 200 pessoas. Eu nunca tive o prazer de o conhecer mas o numero de pessoas que se juntou para o homenagear por si só demonstra que partiu cedo demais. Aproveito para apresentar aqui os sentimentos a toda a sua família e amigos.

Era agora a altura de seguirmos até ao Forte de São Filipe e para lá chegarmos descemos até à N10 e subimos a Estrada Romana do Viso.







Depois da habitual pausa, seguimos pelo trilho do Castelo e subimos até aos Moinhos de São Filipe.





Depois fomos a mais um "alto" ver a península de Tróia:

 

Em seguida descemos até à Comenda e aqui escolhemos a hipótese que tinha menos lama e menos alcatrão. Ou seja era mesmo o caminho ideal para efectuar o regresso!

Seguimos pela "Avenida das Palmeiras", passámos o sobral onde os escuteiros por vezes acampam e a seguir às ruínas em vez de seguir pelo trilho mais tradicional cortámos à direita e contornámos toda a zona mais lamacenta da Comenda. É verdade que subimos muito mais do que se fossemos pelo caminho habitual, mas como isto é tudo malta muito "rija" ninguém se queixou ;-)




Estávamos agora muito perto da Aldeia Grande e tínhamos de escolher qual o caminho ideal para conjugar o regresso do Zé e do João até Azeitão e o meu, do Lino e do Artur até ao P.Novo e arredores.

Hipóteses eram muitas, mas a escolha recaiu pela sugestão do Lino, que nunca tinha subido pelas "necessidades velhas" e que tinha bastante curiosidade em ver como é que seria...

Antes da subida ainda parámos para tirar umas fotos à Cascata da Quinta de Alcube e foi aí que aconteceu o episódio mais caricato do dia quando um Audi pára em frente ao Artur, o condutor abre o vidro, e fica uns instantes a olhar para ele sem dizer nada... O Artur então decide tirar os óculos e foi aí que o individuo lhe diz que ia jurar que ele seria um primo seu e que só agora se tinha apercebido que afinal não se conheciam de lado nenhum... Ooopssss! Uma coisa é certa o "Rei Artur" é conhecido em todo o lado!



Era agora a altura de subir até à Capela do Alto das Necessidades e fazer a vontade ao nosso amigo Lino...

 


Quando chegámos ao topo, era a altura de nos despedirmos do Zé e do João que desta vez tinham deixado o carro em Azeitão e de nós seguirmos como habitualmente de bike até casa.

Para finalizar só falta mostrar-vos o vídeo que fizemos!

Até para a semana ;-)


Rijos de Serviço: Artur, Carlos, João, Lino e Zé.

Distância percorrida: 53,60 km em 03:31:15
 
Altura máxima: 225 m
Altura mínima: 15 m
Acumulado de subidas: 764 m (GPSies)

Velocidade Média: 15,80 km/h 
Velocidade Máxima: 54,60 km/h
 

Sem comentários:

Publicar um comentário